Posted by : Xandy1608

Olá pessoinhas! Já ouviram falar de Paladins? Pois bem, falo daquele jogo mesmo, que assim como copiei o inicio do meu post em Overwatch, dizem que este jogo é basicamente um Ctrl + C e Ctrl + V dele. Mas... será que é realmente verdade? E excluindo isso, como um jogo num todo, é bom? Sejam bem-vindos ao terceiro Vale a Pena!

A tradicional visão épica de gameplay.

AVISO! Não possuo qualquer ligação ou parceria com os nomes citados aqui, a maioria deles foram citados puramente para agregar informação e enriquecer ainda mais o post.

Paladins é um FPS (Apesar de o jogo assumir a terceira pessoa em alguns momentos) com fortes elementos de MOBA desenvolvido pela Hi-Rez Studios, que foram responsáveis por outro jogo bem famoso por colocar diversos deuses de diferentes mitologias para brigarem em um único jogo, sim estou falando de Smite (Jogo que por sinal, vou citar muito neste post, e também até pretendo fazer um VP dele). Com o trailer temos uma visão mais sincera do jogo, pegando os gráficos in game mesmo, não apelando pros trailers cinemáticos como foram os de Smite ou de Overwatch (Apesar de que o trailer cinemático de ambos são simplesmente geniais).
Agora que a introdução já terminou, vamos a como o game funciona! O jogo possui alguns modos, sem grandes variedades entre eles (pelo menos até agora), então vou focar no que parece ser o modo principal (Ou pelo menos um dos mais jogados do game), o modo Cerco. As partidas são de 5x5, podendo escolher entre a biblioteca de personagens e classes do jogo para fazer diferentes funções, lembrando que os personagens não poderão ser repetidos na sua equipe, mas podendo aparecer um personagem que está sendo usado na sua equipe na equipe adversária (Bem parecido com o já citado Smite). No modo cerco, teremos um ponto decidido no meio do mapa, que poderá ser tomado tanto por sua equipe quanto por seus adversários, enquanto sua equipe estiver no ponto, a porcentagem da sua equipe vai subir, o mesmo com os seus oponentes, caso a porcentagem chegue a 100% em um dos lados, o ponto é tomado. Caso ambas as equipes estejam dentro do ponto, será iniciado uma espécie de disputa, onde o ponto não vai crescer em porcentagem em nenhum dos lados até que só reste uma equipe nele (Dominar o ponto concede 1 ponto para a equipe, lembrando que a partida acaba quanto uma das equipes chegar em 4 pontos).
Após a dominação do ponto, uma carga irá aparecer no mesmo lugar, e a equipe que conseguiu conquista-la, deve levar isto até a base inimiga, começando assim, uma espécie de adaptação do modo Cerco de Smite para um jogo de tiro, só que com uma carga no lugar de uma Jaganata Selvagem (E obviamente sem as torres, fênix e titã), caso o time que está levando a carga consiga chegar na base inimiga com ela, ganhará mais 1 ponto. Caso a equipe inimiga consiga deter a carga, eles recebem um ponto, porém, se estiverem com 3 pontos, isso não acontece (Provavelmente para evitar que times puro dano/flanco tenham vantagem na reta final). O procedimento vai se repetindo até um dos times chegar a 4 pontos, porém as partidas são mais rápidas do que aparentam, caso estendam um pouco, você vai estar muito entretido com a competitividade da coisa para pensar em tédio. Ah! Esqueci de avisar anteriormente, mas fica um breve aviso, Paladins é um jogo completamente focado no online, então, não dá para ter qualquer experiência offline com ele, mas diferente de Overwatch, você não precisa pagar nada além de sua internet e conta de luz para jogar o game. Lá no começo da postagem, eu tinha citado que ele tinha fortes elementos de MOBA, certo? Mas até então, parece só um jogo de tiro normal... é aí que entra uma das principais característica do jogo, os baralhos e as cartas! Antes mesmo da partida começar, é possível criar baralhos para seus personagens, e distribuir pontos para as cartas usadas como uma espécie de build reforçando algumas habilidades especificas do seu personagem, ou dando a ele algumas vantagens na partida. E dentro do jogo, terá cartas que vão ser compradas de forma situacionais para te ajudar, como por exemplo, uma carta que te faz recarregar as armas mais rápido, resistir mais a explosões, diminuir o tempo de carregamento de suas habilidades, e por aí vai.
Saindo dessa parte mais de gameplay, vamos a um dos pontos que admiro bastante neste jogo, o visual. Os gráficos do jogo levam uma parada um pouco mais cartoon para os cenários, porém não tão fantasioso, novamente, lembrando muito Smite no estilo gráfico, mas pegando bem mais em algo mais limpo e cômico, visto que Smite apela mais pro lado dark e épico. Mas além das texturas e modelagens um pouco mais nesse estilo, o meu ponto forte com Paladins é exatamente o character design, que é bem invejável. Apesar de termos alguns personagens meio clichês como o Viktor (Clichês, porém não ruins) temos personagens que até cheiram criatividade, como o amado personagem dano, o Rei Bomba, ou o suporte que mais funciona como flanco, o Pip, ou a suporte genia mais fofa do mundo, a Ying (Capa da postagem). Uma coisa que vale muito deixar avisado, é que diferente da Blizzard, a Hi-Rez não se importa nem um pouco em esconder suas personagens bem dotadas, e muito menos a contribuir quase que diretamente na rule 34 da internet (Mesmo que a Blizzard preze mais por uma traseira mais avantajadas e a Hi-Rez aposte bem mais em decotes estratégicos e peitos a medida... vocês entenderam onde eu quis chegar!).
Pegando o embalo da citação técnica do visual do game, o jogo também tem boas músicas, porém nada que grude na sua cabeça, como são as músicas do Smite por exemplo. Neste caso, no máximo você vai acabar cantarolando a música de menu por ser a que mais vai ouvir. As músicas tocam de maneira situacional nas partidas, assim como em Smite, porém, aqui ouvirá bem mais da música pelas partidas serem mais rápidas, e as condições para as músicas tocarem aparecerem bem mais fácil.

Paladins é uma cópia de Overwatch?
Você pode pular essa parte para o "Encerrando" caso não se importe com essa treta.
Pip está pronto para julgar comentários maldosos
Tá na hora de chutar cachorro morto. Isso mesmo, falar da treta que ninguém esquece, que sempre que alguém chegar e deixar o nome Paladins percorrer por aí, vai aparecer alguém para dizer que o mesmo é uma cópia de Overwatch, ou até uma versão dele para a classe trabalhadora. Mas! Vamos ver aqui algumas coisas sobre isso!

Antes de falar qualquer coisa, citarei aqui algumas coisinhas que podem sustentar bem minha opinião antes mesmo de saber da existência de tais citações. a primeira citação, está em um post no Reddit, o COO da Hi-Rez (Mais especificamente Todd Harris), basicamente mostrava uma linha do tempo ligando o desenvolvimento do Paladins aos antigos jogos da própria Hi-Rez: "Criamos quase todas as classes e habilidades de Paladins usando Global Agenda e Smite como nosso template." (Lembrando que por mais que muitos sites tivessem confirmado isso, ainda não fui capaz de encontrar um link para mostrar aqui).

Essa primeira citação será muito importante guardar na cabeça para alguns pontos que citarei mais a frente. A próxima vem de uma entrevista da IGN EUA com o próprio Todd Harris, você pode conferir ela inteira clicando no nome sublinhado, mas só colocarei a parte importante aqui: "Apesar de Overwatch ser um belo jogo, não serviu de inspiração para Paladins. O desenvolvimento de um jogo é um processo interativo com ideias que aparecem de projetos passados. Para o gênero de shooters com heróis, o jogo que merece mais crédito é Team Fortress 2. Lançamos um jogo de tiro baseado nas classes de TF2 chamado Global Agenda, em 2010. Paladins foi concebido como uma versão de fantasia de Global Agenda, e, das aproximadamente 85 habilidades de combate presentes atualmente em Paladins, a grande maioria veio desse jogo que fizemos há 10 anos.". Reforçando ainda mais a citação a anterior linha do tempo. 
Após a explosão que foi Overwatch já em seu lançamento, quase toda a atenção aos jogos de tiro estavam voltadas para ele, fazendo assim uma legião de fãs, e querendo ou não, de uma forma bem merecida. Acontece que um pouquinho após o jogo começar a dar uma leve esfriada, muitos youtubers e sites estavam falando de um novo jogo de tiro bonito com heróis tão carismáticos quanto o de Overwatch, e foi aí que o desgosto começou. Muitos levados pela influência quase cultural que a Blizzard tem em seus jogos, logo viu o game como uma cópia, e iam apontando QUALQUER COISA que viam no jogo como uma cópia a Overwatch, mesmo Paladins tendo sido lançado antes (Houveram até rumores de que Paladins mudou seus personagens após o sucesso de Over, mas... rumores são sempre rumores). Como se já não bastasse toda essa confusão, dentro do já citado youtube, crescia consideravelmente o número de vídeos sobre este jogo, porém, nem todos de uma forma positiva, pois começávamos a ver iniciativas mais tóxicas destes produtores sobre o jogo. Alguns canais como Damianizando começaram a divulgar o jogo aqui no Brasil (tanto que eu e muitos dos meus amigos conheceram o jogo depois do vídeo dele), o que realmente ajudou o game a ter forças. O próprio "Damênes" em um de seus vídeos satirizou a treta com uma brincadeira envolvendo o Fernando, onde ele dizia algo como: "Isso aí que vocês falam que o jogo é cópia de Overwatch, é muito mentira" e logo em seguida abria o escudo do Fernando e se calando para dar ênfase a piada. Até aí tudo bem, dava para ver como uma brincadeira mesmo, afinal, o próprio produz um conteúdo humorístico, onde algo pode ser satirizado a qualquer momento, é algo que você está preparado para ver já conhecendo o canal. Porém, nem todo mundo viu dessa forma, ao invés de manter uma postura leve e cômica, as pessoas logo começaram a atacar o jogo de maneira tóxica.
Um exemplo deste comportamento em vídeos, pode ser encontrado com facilidade por aí, como no canal do Davy Jones, o Gameplayrj. Onde em vários dos seus vídeos, mesmo com a tentativa de trazer o público do jogo para seu canal, acabava diminuindo os personagens e as features do jogo, chamando por seus equivalentes em Overwatch. E sendo um canal de influência como ele é, foi o suficiente para separar aqueles que viram isso como algo feio, a aqueles que já estavam acostumados a não criticar mais o youtuber, engolindo já tudo que ele dizia. Logo, chegamos ao ponto atual, onde qualquer habilidade que parecesse mesmo que de maneira abstrata com outra, já era cópia na visão de muitos. Ótimos exemplos disso, são os personagens Makoa e Fernando, frequentemente usados como desculpas fundamentais para a acusação de cópia. Fernando como já citado anteriormente, possui um escudo que o impede de atacar, além de um dash para frente, muito similar ao que o Reinhardt usa em Over, porém, pelo próprio modelo do personagem, movimentação e até arma, qualquer um que já tenha explorado bem o jogo Smite, ou pelo menos já tenha tentado usar o personagem Ares, vai notar que o Fernando não passa de uma adaptação dele para um jogo de tiro (Tanto que o Fernando até possui uma skin de Ares no Paladins). O próximo provavelmente você vai acabar rindo. Mas o que as pessoas apontam no Makoa, é sua habilidade com a âncora, que é capaz de puxar o oponente para si, deixando ele paralisado por um tempo, muito semelhante ao Roadhog, certo? Até seria, se o Makoa não gritasse "Get over here!" quando usa aquilo. "Nossa, um personagem que atira uma coisa acorrentada e grita a frase do Scorpion de MK... será que é uma referência a Mortal Kombat? Nha! Com certeza é uma cópia de Overwatch". Se você conseguiu ter esse pensamento. Está na hora de você ir se tratar... tipo, agora.
Obviamente as comparações não param por aí, existe pessoas comparando o Viktor e suas habilidades hiper copiadas de over, as incríveis habilidades de CORRER e JOGAR UMA GRANADA! Pois um jogo de tiro não pode ter isso já que a Blizzard fez algo do tipo em um personagem do jogo dela. Acha que acabou? Existem pessoas chamando a Maeve de Guenji por ela ter duplo pulo, e conseguiram assimilar duas adagas sem carregamento com as Shurikens do Guenji... tipo, caras, vão se tratar, eu to falando sério mesmo. Procurem na farmácia dois remédios, o primeiro para combater a febre do fanboy, e a segunda para estimular a opinião própria, pois este mundo está precisando mais disso. Felizmente, este assunto vem sendo desmentido, apesar de ainda estar vivo como verdade no coração de alguns. Mais felizmente ainda, é só a parte babaca da fan base de Overwatch que pensa com unhas e dentes dessa forma, então, o mundo ainda tem salvação! Além disso, no já citado ninho da discórdia do Youtube, existem até mesmo canais que desmentem esse tipo de coisa, um exemplo bem atual que além de fazer diversas gameplays não desmerecidas do game, ainda faz vídeos sobre esse tipo de pensamento apontando as características de vários personagens, é o canal de ninguém mais ninguém menos que o streamer Serious Jogador, o TV Serious (Existem outros, mas se eu citar todos eu me sentiria o rei da propaganda, e isso não é legal).

Encerrando
Ufa! Essa postagem foi longa, e acredite ou não, foram três dias consecutivos para isso. 

-Have fun! -You Rock! -You Rock! -Yes!
Para quem procura um jogo gratuito e divertido que pode lhe proporcionar horas, dias, ou quem sabe um vida de gameplays. Possui um gameplay divertido, e mesmo no começo, tendo uma boa variedade de personagens (No momento em que essa postagem foi criada, há 23 personagens jogáveis, e este número obviamente vai crescer). Além de bonito o jogo consegue rodar em diferentes tipos de computadores, mesmo eles não sendo tão potentes assim. Já possuindo uma alpha fechada para os consoles, logo entrando para consoles de mesa caso seu PC seja tão horrível quanto o meu. Mesmo com suas diversas semelhanças com Overwatch, acaba que muito provavelmente ambos vieram de uma inspiração quase cópia de Team Fortress 2 (Você concordando com isso ou não, o jogo é sim bom o suficiente para que isso seja verdade), e mesmo assim, ambos possuem suas características próprias e podem ser igualmente aproveitados sem qualquer discriminação ou desmerecimento. Caso tenha se interessado, fica aqui o site do jogo para download!


Pessoinhas, foi isso, espero que tenham gostado deste postagem e do game, esta foi a maior postagem da história deste blog, mas mesmo assim, a qualidade dela ficou surpreendente! Se tem algo a acrescentar ou algo a dizer sobre essa coisa, deixa ai nos comentários! Mas e aí, o que vocês acham? conhecem algum jogo que acham que vale a pena ser jogado e mencionado aqui? Deixa ai nos comentários que eu dou uma olhada, quem sabe ele não vire nosso próximo post!


You See!~

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Jogo em Destaque!

Mega Maker[ENG]

Page Oficial e Twitter

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Copyright © Melhores Jogos News -Black Rock Shooter- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan